No interior do Norte

Desculpem.... mas este blog é apenas para pessoas inteligentes! Se não é o seu caso, peço lhe suavemente que se retire. Desculpe o incómodo!

quinta-feira, setembro 27

DESEJO

Para Célia ( de quem aprendi a gostar ) e Luís ( um amigo)....



Meu amor….
E escorre de mim a seiva que gostas…
O cheiro impetuoso que amas…
A prece….
Dizes me ,doce ,bailando para mim.. – Quero-te!
E as sentenças por ti sussurradas têm a força de um vulcão!
De mar bravo…..
Do suor perdido na feitura do mundo…..
Do nosso mundo…
E depois…. admiramo-nos….
Ficamos horas a comer com os olhos as maças do rosto….
A pescar no mar de prata que são nossos olhares….
Horas….
Fazemos do tempo pó de alquimia…..


De novo a fome….
De nós….
É tempo de mastigar as maças….
De dourar com os corpos os peixes que a rede trouxe …
Na faina dos olhares…..
Até ao suor….

Depois Jorra o silencio…..
Este silencio de gritos que tenho para te dar….
Diferente do teu, que tudo diz…..
Que tudo diz….
Como é possível???????
Dizes me tanto…. Tanto…..
Quase me dizes Tudo….
E Eu, do vasto nada que meu corpo diz….Apenas sei criar palavras
Palavras que diriam o mesmo que TU ….
Se não se atulhassem bruscas na gruta da minha boca…
Na encosta da minha língua….
Que lês …
Mas não ouves….
Do silencio absurdo das palavras-rocha a entupir os meus lábios….

Sacio-te com diálogos de corpos….
Falo-te no regaço de teu cortiço que me abraça….
Discurso quando ato minha mão na tua…
E murmuro-te tudo num beijo…..
TUDO!!!!! Em silencio…
Tanto que preciso de te dizer meu amor…..
TANTO!!!
E quando me preparo para troar palavras…
(Quando a raiva e o desespero cria terramoto que escombra a montanha do silencio…)
Surge tua prece!!!!!
Teu segredo….

- Pára….Nada me digas agora meu amorimploro-te!!!!
Vai mo contando ao longo do caminho…



..................

Sugestão musical : Keep talking - Pink Floyd
Sugestão cinéfila : Lembras-te de dolly Bell?- Emir Kusturica

41 Comments:

Blogger Sofia said...

Já te venho ler.

Obrigado eu pelo teu carinho. Aparece lá no Oriente. Nao sei se vais gostar.

bjs ate já

10:47 da manhã  
Anonymous Hope said...

Fico extasiada com o que leio...
Aguardei por este post!
Fabuloso...
A prece do silencio que tudo diz...
A paixão... A força da paixão...
O amor...
A promessa de um caminho a dois...
Não tenho mais palavras para o descrever!
(parabens aos afortunados que receberam a dedicatória... O que preciso de fazer para tambem ter uma???? ;-) )

10:58 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Mais um post...que não consigo descrever-te a emoção que me causa!
Perturba-me e mexe comigo esse teu génio!
Por vezes calmo. Outras irónico.... e este imenso turbilhão de fogo....
Agradeço-te!

um beijo

12:20 da tarde  
Blogger _E se eu fosse puta...Tu lias?_ said...

Eu também...

Voltarei!

***********

12:33 da tarde  
Blogger Utzi said...

Muito bonito... Adorei :)
É bom ler-te, vê se escreves mais...

Beijinhos

12:49 da tarde  
Blogger Flôr said...

A Célia e o Luís devem ter gostado desta tua bonita homenagem :)

Votos de um fim-de-semana cheio de sorrisos e muitas alegrias, meu querido amigo do Interior do País....

A tua filhota, está bem? Beijinho docinho para ela. :))

Da amiga Flor com admiração pelo que escreves.

(será que é desta que voltas?)

2:51 da tarde  
Anonymous Julie said...

Isdiscritivel o que sinto depois de ler este texto!
Apenas to agradeço!

Paulo, não desapareças tanto!
Fazes falta!

2:52 da tarde  
Blogger Maria said...

Fiquei sem palavras para "troar".
Vou-as sussurrando, ao longo do meu caminho.
Parabéns por este excelente poema, é bom descobrir novas"costelas" de escrita em amigos de longa data.

Um abraço daqui, frente ao mar

3:35 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A cada post que escreves ,superas-te!
Algo demasiado raro.

M.

3:57 da tarde  
Blogger Irritadinha said...

Seja bem regressado :)

Parabéns pelo post.

beijo

5:11 da tarde  
Blogger Andreia do Flautim said...

Bonito! =)

5:45 da tarde  
Blogger lisa said...

Li e reli este teu poema, está divinal.
O amor...a paixão...palavras fortes e tão bonitas de se dizerem de se escreverem...
Deliciei-me aqui ao ler-te.

Beijo tua amiga.

6:50 da tarde  
Blogger mac said...

Belo poema...conseguiste unir estas belas palavras à beleza pura das forças que provêm das entranhas da Terra.
Não esperava um regresso deste tipo, confesso. Esperava um regresso mais cáustico. Conseguiste supreender-me...Espero que as tuas aparições sejam mais regulares. Um abraço.

7:05 da tarde  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Devias postar mais vezes.
Abraço.

10:35 da tarde  
Blogger Marlene Maravilha said...

Dizeme tanto, quase dizes-me tudo!
Que lindo poema! e que bom que nao conseguiram dizer tudo, porque seguiräo caminhando e falando a beira do caminho!
beijos e um lindo final de semana!

11:38 da tarde  
Blogger sónia said...

tanto amor em tuas palavras! belíssimo!


beijo e um bom fim de semana!

10:20 da manhã  
Blogger kurika said...

Intenso. Lindo.
Sortuda.Ela.

Parabéns pelo poema

Bjinhos

2:17 da tarde  
Blogger Ruby Sackville-Baggins said...

Voltaste!

E como precisamos todos da tua forma perfeita como escreves, e nos dizes tudo, de uma forma como o fazes.

Fazes falta cá!!

Beijinho grande :)

4:48 da tarde  
Blogger Suspiros said...

... sim! Para que haja mais para além do efémero!

9:27 da manhã  
Blogger elsa nyny said...

Muito lindoooo!

Convido-te a escrever uma carta por Darfur!
http://eu-estou-aki.blogspot.com

9:56 da manhã  
Blogger Sunshine said...

Sorri... porque quem vive estes momentos não precisa de acrescentar mais a o que foi escrito.

Já tinha saudades de te ler, um beijo enorme!

11:44 da manhã  
Blogger vida de vidro said...

Saboreando cada palavra. Para matar as saudades da tua escrita. **

4:36 da tarde  
Blogger Sofia said...

Tão lindo e tão forte! Sempre q publicas um post é isto. Coisas fortes, com sentido, numa escrita extasiante. Continuo a gostar de te ler. Desejo que tenhas mais tempo para o blog. Lembra-te de nós, plz ;)))

bjs

12:29 da tarde  
Anonymous thelostend said...

fantastico...
Aos poucos , vou ficando sem palavras para dizer o que seja acerca dos teus posts....
è um mundo de emoções que provocas com a tua escrita....
Para quando um livro?
Não hesites...

3:23 da tarde  
Blogger Erotic Spirit said...

Just stopped by for the 1st time and I am hooked!

... Estou de rastos... lindo!
Kiss:)

4:21 da tarde  
Anonymous x@n@ said...

Um poema que a mim me tocou profundamente.
Talvez um dia te explique porque.

Desculpa, mas hoje roubo estas palavras para mim.

Tens um dom fabuloso Paulo!
Não deixes nunca de escrever! Imploro-to!!

6:11 da tarde  
Blogger maria-joão said...

Sem palavras... hoje o meu estado de espirito está "mole" demais para dizer o que quer que seja dentro do contexto...

6:31 da tarde  
Blogger SIMPLESMENTE.... C said...

Olá, gostei do teu espaço...
abracinhos..

7:00 da tarde  
Blogger Fernanda Passos said...

Nossa Paulo! Alguns conseguem entender o impacto de tuas letras. Tomara que o sentimento que se apossou de mim ao ler esta poesia seja o sinal que consigo.
Forte, densa, metafórica, analógica.
Belíssima.
Abraços.
P.S: Foi ironia o teu comentário no Prosa?
:)

3:26 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

De novo aterro neste Extraordinário Interior!
Com enorme prazer ....
Espanto! Não pensava que fosse ler algo tão intenso!
Saboreio todas as palavras com a força dos sentimentos.
Verdadeiramente delicioso!
Para ti Paulo ( e desculpa a confiança) um beijo e um pedido...
Escreve sempre!

Um beijo


M.

3:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Muito Bom!
deixas me extasiada!
parabens aos afortunados a quem dedicas-te este texto!

6:40 da tarde  
Blogger missixty said...

Olá paulo...bom filhos à casa torna!
Mas que poeta tu me saíste! Está divino este poema! Dantes dedicavas-te mais aos contos e à prosa!
Acreditas em fantasmas?
Em seguimento do post que lá tenho vou fazer um outro intitulado " A Lenda do Barão das Lages". Fiz uma reportagem fotografica ao local e soube de coisas muito interessantes. Só ando com um problema, não consigo um retrato do barão, nem memso lá na quinta havia imagens do ilustre homem!
beijos miss
gostei da tua visita

8:51 da manhã  
Blogger Lara said...

Num vazio de sentimentos que nos rodeia aparece assim alguém como tu que me faz acreditar...
Convite aceite!
bjs

2:57 da tarde  
Blogger Lusófona said...

Ao longo do caminho, lado a lado, assim como deve ser... Muito intenso e bonito!

Beijinhos e fica bem

3:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Genial!
Não te sabia poeta.

Um beijinho

3:12 da tarde  
Blogger Ana said...

Ainda bem que estás de volta... :)

2:23 da tarde  
Blogger Bia said...

Muito bom voltar a ler-te Paulo!
As tuas palavras são coloridas por dentro e por fora :)
O sentimento esse é um malandro... forte e comanda o bater do nosso coração.
Que o teu caminho seja longo :)
e eu vou voltar sempre para te ler.
Beijo meu.

3:26 da tarde  
Blogger Miosotis said...

Muito sensibilizada pela 'promessa' cumprida!

Belo texto de afectos!

Um beijo

3:27 da tarde  
Blogger Lado B said...

será que sem sentir falta...conseguimos produzir coisas tão belas?

1:51 da manhã  
Blogger Fernanda Passos said...

Vim deixar um abraço.....

8:20 da tarde  
Blogger MalucaResponsavel said...

Voltaste??? diz q sim.... saudades em ler-te. bj

8:41 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Hoteis
Contador acessso
Medical Billing Software
Medical Billing Software